Benefícios

Plantas Que Purificam o Ar- A escolha Saudável para a sua casa

As plantas ajudam a purificar o ar de sua casa, elas funcionam como filtro para os poluentes do dia a dia.

O ar poluído da casa é responsável por diversos problemas de saúde, estes problemas podem causar desconforto e mau estar.

Confira aqui as melhores opções no que toca a plantas que purificam o ar. Para além de decorar a sua casa está a proteger a sua casa e família.

Quais as Plantas Que Purificam o Ar

Espada de São Jorge

A Espada de São Jorge é uma planta muito associada às boas energias. É uma planta de baixa manutenção,

Ela filtra substâncias químicas como benzeno, formaldeído, tricloroetileno, xileno e tolueno.

Lírio da paz

Outra planta muito usada para decoração de interior de casa e traz muito benefícios. Ela é uma planta que exige poucos cuidados e sobrevive com pouca luz e pouca rega.

Jiboia

Esta é uma das principais plantas para purificar o ar. Ela ajuda a filtrar formaldeídos, o monóxido de carbono e benzeno do ar.

Palmeira ráfia

Uma planta fácil de tratar e também muito bonita, perfeita para decorar a sua casa. É uma planta de manutenção.

A jiboia ajuda a filtrar a amônia presente no interior da casa devido ao uso de produtos de limpeza.

Orquídeas

Existem imensas variedade de orquídeas. São plantas um pouco exigentes, mas que são ideais para purificar o ar.

As Orquídeas filtram o xileno, para além disso permitem a troca do oxigênio durante o período da noite.

Babosa

A babosa é uma planta que possui várias propriedades medicinais. Ela muito utilizada no tratamento de diversos problemas de saúde, especialmente, de saúde.

A babosa ajuda a limpar o ar. Para além do efeito purificador esta planta serve para identificar problemas no ar da casa porque quando este está poluído começam a surgir manchas.

Imagens do Pinterest.

Letícia Correia

Letícia iniciou sua jornada acadêmica com um bacharelado em Ciências Biológicas, seguido por um mestrado em Ecologia. Durante seu doutorado, ela se especializou em fisiologia vegetal, explorando as adaptações das plantas em diferentes ecossistemas brasileiros. Após concluir seu doutorado, Sofia passou a lecionar na Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde atualmente é professora titular no Departamento de Botânica.